Selmo Kaufaman ministrou seminário sobre o mercado audiovisual

Selmo Kaufaman ministrou seminário sobre o mercado audiovisual

Kaufman falou sobre as principais barreiras que o segmento vem sofrendo, em evento que compõe parte da programação do Festival CinePE

Na tarde desta segunda-feira (29), o Hotel Nobile Suítes Executive, localizado no bairro de Boa Viagem, sediou o primeiro seminário que compõe parte da programação da 23ª edição do Cine PE – Festival do Audiovisual. A apresentação intitulada “As Demandas Iminentes por Infraestrutura Audiovisual” foi ministrada pelo técnico da Ancine, Selmo Kalfman, e reuniu imprensa, empresários, produtores e entusiastas do mercado audiovisual.

Em sua apresentação, Kaufman explicou como funciona o mercado audiovisual e toda sua estrutura, ressaltando que a principal dificuldade é a falta de mão de obra qualificada, que obriga os produtores procurarem serviços fora do país. “Um exemplo de como o mercado audiovisual brasileiro deixa a desejar é o fato de não possuirmos um único estúdio de mixagem no país” explicou Kaufman.

Outro assunto abordado pelo técnico da Ancine foi a falta de interesse da iniciativa privada em investir neste mercado. Selmo explicou que o Brasil é um território com potencial a ser explorado e que investimentos nesta área podem trazer retornos de mais de 100% a longo prazo. “O Brasil possui mais de 327 cidades, com mais de 50 mil habitantes, que não possuem salas de cinema, em um cenário que em 2018, teve um retorno de R$ 2,18, a cada um real investido. “ concluiu Selmo Kaufaman.

A programação paralela que ocorre no Hotel Nobile Suítes Executive segue ate a quinta-feira (1), sempre a partir das 14h30.

Confira a programação

Terça-feira (30)
14h30
Seminário “Aspectos Técnicos e Políticos do Reconhecimento do Viés Econômico da Cultura”, com o economista e ex-secretário do Audiovisual Alfredo Bertini.

Quarta-feira (31)
14h30
O secretário do Audiovisual Pedro Henrique Peixoto e o professor Eduardo Cavalcanti falam sobre “A Importância do Ensino Técnico para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste”.

Quinta-Feira
14h30
A programação com o seminário do consultor de roteiro e escritor Bill Labonia, com o workshop “Formas Alternativas de Monetização de Curtas”, na quinta-feira (1º).

22º Cine PE chega à reta final

22º Cine PE chega à reta final

22º Cine PE chega à reta final

Com a exibição dos quatro curtas e um longa-metragem, na noite desta segunda-feira (04), a 22ª edição do Cine PE – Festival do Audiovisual caminha para seu fim. A última noite de projeção levou ao tradicional Cinema São Luiz, no Centro do Recife, as últimas produções que integram as Mostras Competitivas de Curtas-Metragens Pernambucanos e Nacionais e a Mostra Competitiva de Longas-Metragens.

Quem abriu as exibições foi o curta pernambucano “Edney”, de João Roberto Cintra. A ficção ambientada nas ruas do Recife acompanha a história de Ed, um rapaz retraído que de dia ganha a vida lavando pratos, e de noite performa ao estilo do cantor Ney Matogrosso. Em seguida, o festival abriu as portas para “Seja Feliz”, de Diego Melo. A trama imagina uma realidade distópica na qual a vida e a morte foram “privatizadas”. “Sweet Heart”, de Amina Jorge, captura com sutileza as contradições entre reclusão e liberdade em uma cidade como São Paulo. Por fim, foi exibido o documentário “Cine S. José”, de William Tenório.

Um dos filmes mais esperados da noite, o longa “Meu Tio e o Joelho de Porco”, de Rafael Terpins, encerrou a programação. Antes da exibição, Terpins falou sobre o poder da produção audiovisual: “Este filme me permitiu usar a mágica do cinema para fazer uma coisa que a ciência não consegue, que é trazer os mortos de volta à vida. Para mim, foi uma experiência maravilhosa rever meu tio e expor como foi viver com e sem ele”. A película resgata, por meio de um road movie por São Paulo, verdades e mentiras sobre o conjunto de Seu Tico, o legendário punk-satírico Joelho de Porco.

Na manhã desta terça, o evento promove uma sessão fechada para alunos de escolas públicas, com a animação francesa “A Bailarina”, de Eric Summer e Eric Warin. Às 10h, no Hotel Nobile Executive, em Boa Viagem, acontecem as últimas coletivas de imprensa com os realizadores dos filmes exibidos na segunda.

O festival se despede na noite da terça-feira (05), quando acontece a entrega dos prêmios e um pocket show do cantor Almir Rouche.

NOVO CINE PE 2020 ANUNCIA DATA E FORMATO INÉDITO

Festival Audiovisual terá exibições das mostras competitivas no Canal Brasil, pela TV e pela plataforma de streaming Canais Globo (antigo Canal Brasil Play), entre os dias 23 e 25 de novembro Em um ano totalmente atípico devido à pandemia de COVID-19, o NOVO CINE PE -...

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE, a Direção informa que o planejamento anterior à decretação da pandemia e ao consequente isolamento social, estava previsto para abril. Na situação de hoje, tem-se que a definição das mostras está praticamente...

Patrocinadores

Patrocinador Público Direto

Exibidor Oficial

Apoio Cultural

Realização

“Eu acredito no empreendedorismo cultural”, diz Sandra Bertini na 4ª noite do Cine PE

“Eu acredito no empreendedorismo cultural”, diz Sandra Bertini na 4ª noite do Cine PE

“Eu acredito no empreendedorismo cultural”, diz Sandra Bertini na 4ª noite do Cine PE

O Cine PE – Festival do Audiovisual chegou ao fim de mais um dia reforçando o desejo de tornar o cenário cinematográfico brasileiro um espaço cada vez mais profícuo e democrático. Depois de render homenagem à atriz Cássia Kis, ao ator Rodrigo Santoro e a uma lenda viva do cinema pernambucano – a cineasta Kátia Mesel –, o evento entregou, na noite deste domingo (03), o troféu Calunga de Ouro à emissora Box Brazil. Sandra Bertini, diretora do festival, subiu ao palco do Cinema São Luiz por volta das 21h30, para entregar a honraria máxima do evento ao diretor da empresa, Cícero Aragon, e sua equipe. “Cícero tinha um sonho, e esse sonho fez com que ele desse vida a o que é hoje a maior programadora independente do Brasil – e ele conseguiu implantar isso fora do eixo Rio-São Paulo. Eu acredito no empreendedorismo cultural e a Box Brazil tem sido extremamente importante para a valorização do audiovisual no país”, pontuou Sandra.

A noite contou com uma programação balanceada, de curtas-metragens com conteúdo profundamente político e social – como “Universo Preto Paralelo”, de Rubens Passaro, “Peripatético”, de Jéssica Queiroz, “Lençol de Inverno”, de Bruno Rubim e “Frequências”, de Adalberto Oliveira – a trabalhos mais leves e divertidos – como o engraçado “Não Falo com Estranhos”, de Klaus Hastenreiter, e o belo “Insone”, de Breno Guerreiro e Débora Pinto. Para encerrar o quarto dia de exibições, o festival apresentou o longa-metragem “Henfil”. O documentário dirigido por Angela Zoé traz informações e depoimentos sobre o cartunista, jornalista e escritor que dá nome à obra.

Durante a tarde, o Cine PE promoveu a Mostra Kátia Mesel: 50 anos de Audiovisual, com a projeção de oito dos curtas mais conhecidos da carreira da diretora.

Nesta segunda-feira (04), além da tradicional exibição de curtas e longas-metragens, o evento promove, durante a manhã, uma mostra infantil fechada para estudantes da rede pública de ensino, com a projeção de “Detetives do Prédio Azul (D.P.A.) – O Filme”.

NOVO CINE PE 2020 ANUNCIA DATA E FORMATO INÉDITO

Festival Audiovisual terá exibições das mostras competitivas no Canal Brasil, pela TV e pela plataforma de streaming Canais Globo (antigo Canal Brasil Play), entre os dias 23 e 25 de novembro Em um ano totalmente atípico devido à pandemia de COVID-19, o NOVO CINE PE -...

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE, a Direção informa que o planejamento anterior à decretação da pandemia e ao consequente isolamento social, estava previsto para abril. Na situação de hoje, tem-se que a definição das mostras está praticamente...

Patrocinadores

Patrocinador Público Direto

Exibidor Oficial

Apoio Cultural

Realização

Curta carioca com Marielle Franco é debatido na terceira coletiva do Cine PE

Curta carioca com Marielle Franco é debatido na terceira coletiva do Cine PE

Curta carioca com Marielle Franco é debatido na terceira coletiva do Cine PE

Neste domingo (03), o Hotel Nobile Executive, em Boa Viagem, sediou mais uma manhã de coletivas de imprensa com representantes dos filmes que estão na programação do 22º Cine PE. Desta vez, o crítico Edu Fernandes, mediador das entrevistas, recebeu as equipes dos curtas-metragens “Através de Ti” (RS), “Vidas Cinzas” (RJ) e “Cara de Rato” (PE), além dos representantes dos longas “Marcha Cega” (SP) e “Dias Vazios” (GO).

Um dos filmes mais aplaudidos na noite de sábado (02), o falso documentário “Vidas Cinzas” trouxe para a sala de projeção do Cinema São Luiz imagens de um Rio de Janeiro sem cores. Boa parte do debate esteve focado na produção do curta, um dos pontos altos desta edição do Cine PE. O falso documentário, integrante da Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Nacionais, foi ovacionado ao mostrar um “depoimento” da vereadora Marielle Franco, assassinada brutalmente em março deste ano. Além de Marielle, o curta traz aparições de outras figuras públicas, como os deputados estaduais Marcelo Freixo e Flavio Bolsonaro, o ator Wagner Moura e o jornalista norte-americano Glenn Greenwald.

Também na Mostra Brasil, a ficção “Através de Ti”, do gaúcho Diego Tafarel, foi bastante elogiada pela delicadeza ao retratar um triângulo amoroso. Os dois representantes da Mostra Competitiva de Longas-Metragens exibidos no sábado também tiveram seu espaço no debate. Adaptado do livro “Hoje Está um Dia Morto”, de André de Leones, o drama goiano “Dias Vazios”, dirigido e escrito por Robney Bruno de Almeida, teve seus bastidores destrinchados durante o bate-papo, assim como o documentário “Marcha Cega”, de Gabriel Di Giacomo.

NOVO CINE PE 2020 ANUNCIA DATA E FORMATO INÉDITO

Festival Audiovisual terá exibições das mostras competitivas no Canal Brasil, pela TV e pela plataforma de streaming Canais Globo (antigo Canal Brasil Play), entre os dias 23 e 25 de novembro Em um ano totalmente atípico devido à pandemia de COVID-19, o NOVO CINE PE -...

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE, a Direção informa que o planejamento anterior à decretação da pandemia e ao consequente isolamento social, estava previsto para abril. Na situação de hoje, tem-se que a definição das mostras está praticamente...

Patrocinadores

Patrocinador Público Direto

Exibidor Oficial

Apoio Cultural

Realização

Rodrigo Santoro se emociona e chora na 3ª noite do Cine PE

Rodrigo Santoro se emociona e chora na 3ª noite do Cine PE

Rodrigo Santoro se emociona e chora na 3ª noite do Cine PE

Não houve quem conseguisse segurar o choro na terceira noite de exibições do Cine PE – Festival do Audiovisual, realizada neste sábado (2). Com o Cinema São Luiz mais uma vez lotado, o ator Rodrigo Santoro, homenageado da 22ª edição do evento, não conteve a emoção e se rendeu às lágrimas. “Eu vim no avião fazendo uma reflexão sobre o porquê de estar aqui recebendo este prêmio. E eu queria agradecer porque foi aqui no Cine PE, com ‘Bicho de Sete Cabeças’, em 2001, que a minha história começou”, rememorou. Enquanto o astro tentava se recompor, Cássia Kis irrompeu pela sala de projeção do tradicional cinema recifense: “Rodrigo, eu entrego o seu prêmio”. Kis, que também foi premiada com o Troféu Calunga de Ouro na noite da última sexta (1º), foi convidada para entregar a honraria máxima do festival ao astro de “Westworld”, da HBO. Ao surpreender a todos não aguardando ser anunciada, Cássia emocionou não apenas Santoro, mas todo o público. Sandra Bertini, diretora do festival, chegou ao fim da homenagem com os olhos úmidos.

Antes do grande e tão esperado momento, os curtas-metragens da noite foram ovacionados pelos espectadores. “Vidas Cinzas”, de Leonardo Martinelli, foi um dos destaques da programação. O falso documentário, que aborda a atual crise social, política e econômica do Brasil, foi calorosamente aplaudido – especialmente ao surpreender os presentes com um depoimento de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro brutalmente assassinada em março deste ano. O terceiro dia do evento também contou com a exibição dos elogiados curtas “Através de Ti”, de Diego Tafarel, “Cara de Rato”, de Benedito Serafim, e a animação “Plantae”, de Guilherme Gehr. A noite chegou ao fim com a projeção dos longas-metragens “Marcha Cega”, de Gabriel di Giacomo e “Dias Vazios”, de Robney Bruno Almeida.

Neste domingo (3), o Cine PE promove, a partir das 14h, a Mostra Kátia Mesel: 50 anos de Audiovisual. A mostra traz para o público do Cinema São Luiz oito dos curtas-metragens mais conhecidos da cineasta pernambucana, também homenageada desta edição: “Oh de Casa” (10’), “Sulanca” (11’), “Recife de Dentro pra Fora” (15’), “Fora do Eixo” (8’), “Trailer Rochedo” (4’), “A Gira” (16’), “O Mago das Artes” (23’) e “Casa Comigo?” (6’). À noite, serão exibidos os curtas “Deep Dive” “Frequências”, “Insone”, “Universo Preto Paralelo”, “Peripatético”, “Lençol de Inverno” e “Não Falo com Estranhos”, além do documentário em longa-metragem “Henfil”, de Angela Zoé. O quarto dia de festival rende homenagem à emissora Box Brasil. As entradas são gratuitas.

Coletiva de imprensa

Como acontece todos os dias, o Hotel Nobile Executive, em Boa Viagem, recebe, a partir das 10h, uma coletiva de imprensa com os representantes dos filmes exibidos na noite anterior.

NOVO CINE PE 2020 ANUNCIA DATA E FORMATO INÉDITO

Festival Audiovisual terá exibições das mostras competitivas no Canal Brasil, pela TV e pela plataforma de streaming Canais Globo (antigo Canal Brasil Play), entre os dias 23 e 25 de novembro Em um ano totalmente atípico devido à pandemia de COVID-19, o NOVO CINE PE -...

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE

Sobre os resultados do processo seletivo do Cine PE, a Direção informa que o planejamento anterior à decretação da pandemia e ao consequente isolamento social, estava previsto para abril. Na situação de hoje, tem-se que a definição das mostras está praticamente...

Patrocinadores

Patrocinador Público Direto

Exibidor Oficial

Apoio Cultural

Realização