Bruno Safadi e Nizo Neto falam sobre ‘O Prefeito’ em entrevista coletiva

O diretor e roteirista Bruno Safadi e o ator Nizo Neto, do filme ‘O Prefeito’, participaram de coletiva de imprensa na manhã desta quarta (4), no Hotel 7 Colinas, onde falaram sobre a exibição do longa dentro da mostra competitiva do Cine PE 2016.  O filme gira em torno de um político (vivido por Nizo Neto) que, para entrar na História, convence autoridades e a própria população a transformar o Rio de Janeiro em um país independente. Desde que foi exibido em outros festivais, com estreia no de Locarno, na Suíca, ‘O prefeito’ tem sido encarado como uma espécie de parábola sobre os políticos brasileiros. 

Bruno Safadi, que é um dos diretores da trama global ‘Liberdade, Liberdade’, contou na coletiva que fez ‘O Prefeito’ com o orçamento enxuto de R$ 60 mil. “A gente tinha pouco dinheiro, mas por uma escolha mesmo de fazer cinema independente”, disse o diretor. Sobre como conseguiu, ele explica: “A ideia é o ‘x’ da questão. Geralmente você escreve um roteiro e depois vai em busca da captação do dinheiro. Eu inverti o processo. Parti de um limite financeiro e só então escrevi o roteiro. E deu super certo”.

O filme marcou a primeira parceria entre Safadi e Nizo Neto, que não se conheciam pessoalmente antes de ‘O Prefeito’. Além disso, o longa é o primeiro papel de protagonista assumido pelo filho de Chico Anysio, conhecido por papeis na TV, como o personagem ‘Ptolomeu’ na ‘Escolinha do Professor Raimundo’. “Com certeza esse é o papel da minha vida até o momento. Esse trabalho vai me dar a oportunidade de mostrar um talento para o cinema que eu não tive a chance de mostrar anteriormente”, destacou Nizo.