Documentário de Celso Sabadin marca o centenário de nascimento de Amácio Mazzaropi

O crítico de cinema paulista Celso Sabadin trocará o assento de uma das fileiras centrais do Teatro Guararapes, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, pelo palco.

É sob o telão, voltado para a maior plateia de festival e cinema do país, que ele vai lançar no Brasil o seu primeiro longa metragem, Mazzaropi, conhecido também como Mazza.doc.

Será neste domingo, às 21h15, dentro da grade da mostra competitiva do Cine PE, evento que Sabadin acompanha desde as primeiras edições.

O lançamento do longa, produzido pela Felistoque Filmes, marca o centenário de nascimento de Amácio Mazzaropi, “caipira, cômico, ator, diretor, roteirista, distribuidor, produtor e empresário. Tudo junto e misturado, uma surpresa sem fim do cinema brasileiro”, como definido na sinopse.

Mazzaropi aborda os diversos aspectos da vida e da obra deste que é mito do cinema rural no Brasil. O filme traz depoimentos de nomes como Hebe Camargo, Aguinaldo Rayol, Ary Toledo, Marly Marley e Ewerton de Castro. Segundo Sabadin, que também assina o roteiro do longa, a proposta é registra a trajetória de Mazzaropi como artista, empresário e também como pessoa”.

Ficha técnica:

Mazzaropi (SP) – Documentário – 105’

Sinopse: Caipira, Cômico, ator, diretor, roteirista, distribuidor, produtor e empresário. Tudo junto e misturado. Amácio Mazzaropi é uma surpresa sem fim do cinema brasileiro.
Direção: Celso Sabadin
Roteiro: Celso Sabadin
Produção: Edu Felistoque e Carolina Bressane
Fotografia: Edu Felistoque
Montagem: Guga Pera e Celso Sabadin
Trilha Sonora: Renato Teixeira e Grupo Paranga
Edição de Som: Adriano Ferreira